Blog F1 Cia Imobiliária

O mercado imobiliário com o Coronavírus

Como fica o mercado imobiliário com o Coronavírus?

Aqui vamos descrever como fica o mercado imobiliário com o Coronavírus

No início de março, chega o coronavírus no Brasil. Antes disso, outros países como a China já enfrentavam a disseminação do vírus, como Coréia do Sul, Singapura e Irã.

Assim, o epicentro da doença na Itália, fez com que um alerta vermelho fosse emitido, causando um alerta para o restante do mundo. Desde então, a epidemia do coronavírus passou a ser pandemia, atingindo mais de 180 países e contaminando mais de 1 milhão de pessoas ao redor do mundo inteiro.

Por conta de um novo vírus que até o momento continua sem controle e que se espalha em uma velocidade muito rápida sem um tratamento tão eficaz. Igualmente, vários lugares do mundo resolveram adotar o isolamento social para combater a propagação desenfreada da doença e tentar garantir o não colapso do sistema de saúde.

E nossos hábitos?

Assim, com a chegava do coronavírus, com as questões de confinamento e fechamento de comércios, desde já, nossa rotina foi diretamente afetada, assim também, como nossos hábitos de consumo, a forma de se comunicar, tudo passou a ser novo.

Por outra perspectiva, nossa mudança e rotina e com a permanência de um tempo maior dentro de nossas residências, trabalhar home office, o mercado imobiliário com o Coronavírus ganha novamente um protagonismo.

Em conclusão, o Grupo Zap lançou uma pesquisa “A influência do Coronavírus no mercado imobiliário brasileiro”, a qual vamos compartilhar alguns dados aqui com vocês, ao final do post, sob o nosso ponto de vista, compartilharemos a nossa visão de mercado no atual cenário.

O que mudou para os consumidores de imóveis em tempos de Coronavírus

Fonte de Pesquisa: Grupo Zap

Os consumidores estão dando maior importância a imóveis maiores, com mais metro quadrado, mais dormitórios, mais banheiros, vista bonita, varanda e um condomínio com área de lazer. Já a moradia próxima ao trabalho e a vizinhança com mais comércios é procurado principalmente para quem deseja alugar um imóvel, essa é a impressão da pesquisa com o mercado imobiliário com o Coronavírus.

Locação de imóvel

Sobre a pesquisa realizada pelo Grupo Zap sobre o mercado imobiliário com o Coronavírus, mais da metade das pessoas que buscam alugar um imóvel o valor médio varia entre R$ 1mil e R$2mil. E 4 entre cada 10 entrevistados com interesse de locação buscam imóveis com o valor mensal superior a R$2mil.

Compra de imóvel

Fonte de Pesquisa: Grupo Zap

Mas como ficam os imóveis disponíveis para vendas no mercado? Segundo os dados da pesquisa, há um aumento também no interesse em comprar um imóvel, 51% das transações são interessados em compra. Assim também, mais de 60% buscam comprar um imóvel entre R$100mil e R$399mil, mas isso não quer dizer que o aumento de imóveis maiores também não venha aumentando a procura, com 40%, pessoas procuram comprar um imóvel acima de R$400mil, é um número bem significativo para imóveis com valores mais altos.

Localização do imóvel

A localização exata e o endereço completo do imóvel vem sendo a informação mais solicitada pelos clientes. Com a pandemia do Coronavírus, as pessoas estão mais atentas aos arredores do bairro, como já mencionado no início do post. Essa procura pelo endereço completo do imóvel, vem em crescente pela questão da mudança dos hábitos das pessoas, as pessoas querem ir no mercado perto de casa ou na padaria sem correr tanto risco de se contaminar com o coronavírus.

Assinatura digital de Contrato

Assinatura Digital

Você sabia que todo o processo de locação e venda pode ser por meio digital? Desde já, nós da F1 Cia. Imobiliária já tínhamos adotados dessa tecnologia antes mesmo da pandemia, segundo os dados da última pesquisa do Grupo Zap, das pessoas entrevistadas, houve um aumento significativo de transações comerciais realizadas de forma digital.

Dessa forma, com a tecnologia facilitadora da assinatura digital, hoje é possível realizar a assinatura do contrato com o próprio celular sem necessidade contato fisico ou reunião em salas a portas fechadas com aglomeração de pessoas, o processo se tornou simples, com conforto e segurança de sua casa.

Andamento das construções nos canteiros das obras

Construção

E as construções dos imóveis na planta? Como está o trabalho nos canteiros de obras? Ainda mais, as obras continuam em andamento e ganhando velocidade mesmo diante de uma pandemia do Coronavírus, cerca de 4 em cada 10 profissionais entrevistados na pesquisa informaram que o andamento das construções permaneceu igual diante da pandemia. Já 6 de 10 entrevistados informaram que houve uma diminuição no andamento das obras e construções.

Afinal, na prática, nós da F1 Cia. Imobiliária temos alguns produtos na planta e outros sendo lançados, mesmo em tempos de pandemia.

Posteriormente, houve uma paralisação aqui em Florianópolis nos canteiros de obras, logo, a paralisação aconteceu somente nas primeiras semanas de lockdown, logo, com o entendimento e organização por parte do Governo Estadual de Santa Catarina as obras puderam ser retomadas e tivemos uma melhoria significativa na velocidade de construção, em compensação do tempo que as obras ficaram paradas.

Prazos na entrega do imóvel na planta

Os prazos continuam os mesmos. Em suma, principalmente de imóveis como Apartamentos em Florianópolis e Casas continuaram com as mesmas datas.

Nesse ínterim as construtoras tendem a seguir os prazos firmados mostrando credibilidade e comprometimento com os clientes que negociaram seus imóveis, o canteiro de obras pode se adaptar, mas não parar.

Resumo do impacto da pandemia aqui em Florianópolis sobre o mercado imobiliário com o Coronavírus

Em conclusão, como nós da F1 Cia. Imobiliária entendemos o impacto? Antes de mais nada, estamos otimistas, sabemos que inicialmente fomos impactados sim por essa onda, porém em relação a comercialização de vendas e alugueis de imóveis, pudemos sentir um forte aumento.

Em síntese o que mais impactou inicialmente foram as negociações que estavam na etapa de visita do funil de vendas e locação de imóveis, tivemos que nos adaptar com esse cenário e cautelosamente visitar muito pouco os imóveis e focar mais no atendimento virtual.

Logo depois, com o passar do tempo, pudemos sentir que a segurança e cuidados tomados por parte de nossa equipe esse processo foi avançando.

Bem como, nós já havíamos adaptado todo a nossa jornada de compra e locação para os meios digitais, em suma, o impacto foi pequeno, medidas tomadas como a assinatura de contrato de forma digital já era usada.

Primeiramente, o desafio ainda é convencer aqueles clientes que ainda possuem algum receio, mesmo com toda a segurança e praticidade que a assinatura digital nos trouxe.

Agora é o momento de investir!

O mercado mudou? Bem como já citamos, sentimos que o mercado mudou, o perfil dos clientes também, está muito alinhado com o resultado da pesquisa do Grupo Zap, clientes estão buscam imóveis maiores, com mais espaço e conforto para home office e mais qualidade para a família.

Em suma, as pesquisas, como a nossa realidade é que. O momento é muito e vem melhorando, atualmente existe uma procura de clientes com perfil de investidor.

Desde já, agradecemos a leitura do post e deixamos aqui o link do nosso portfólio de imóveis, seja você cliente, proprietário e investidor, surfe na onda com a gente e aproveite o momento bom do mercado.

Abrir Whatsapp
💬 Olá, precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar? 😍