Blog F1 Cia Imobiliária

Avaliação de imóveis

Entenda como as imobiliárias fazem a avaliação de imóveis

Você já ouviu falar sobre o processo de avaliação de imóveis? Essa é uma etapa fundamental para a compra e venda, pois ajuda a precificar a propriedade de maneira justa.

Para chegar a esse valor, diversos fatores internos e externos devem ser levados em consideração. 

Quer saber como funciona, para que serve e quem pode fazer uma avaliação de imóveis?

Então siga a leitura deste conteúdo exclusivo com a gente para entender tudo sobre o assunto!

O que é uma avaliação de imóveis?

A avaliação de imóveis tem como objetivo analisar as condições e características da propriedade para definir o seu valor no mercado imobiliário.

Normalmente, essa etapa é realizada no processo de compra e venda de imóveis para facilitar a negociação.

Depois da análise, caso seja necessário, pode ser emitido um documento com o parecer técnico, conhecido como PTAM (Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica). 

Neste documento são descritas todas as características do imóvel, que ajudaram a determinar o valor mercadológico da propriedade. 

É importante esclarecer que a avaliação técnica imobiliária segue um padrão, portanto deve acatar algumas normas determinadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e pelo IBAPE (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia).

O que é uma avaliação de imóveis

Para que serve uma avaliação de imóveis?

Além de auxiliar na precificação do imóvel, a avaliação técnica também é essencial para manter a adequação perante a legislação brasileira.

Como o setor imobiliário está em constante mudança, é preciso fazer essa análise para identificar o valor justo da propriedade no momento atual.

Imagine que você comprou a sua casa ou apartamento há 10 anos e, desde então, o bairro se desenvolveu, você fez reformas na propriedade: tudo isso valoriza o imóvel.

Ou seja, é muito provável que o imóvel tenha um valor de mercado muito acima da quantia paga por você há 10 anos atrás. 

Por isso, o processo de avaliação técnica é fundamental para a venda e aluguel de imóveis, mas também pode ser necessário em outros momentos, como:

  • partilha de bens em herança ou divórcio, por exemplo;
  • determinação de valor para fins fiscais;
  • financiamento de imóveis hipotecário;
  • indenização por expropriação;
  • renovação de aluguel.

O que é analisado na avaliação?

Para que a avaliação seja realizada de maneira correta, o profissional responsável faz uma análise detalhada de diversos pontos para verificar as condições físicas da propriedade. 

A seguir, fizemos uma lista dos principais fatores analisados para que você possa entender o processo com mais clareza. Saiba como é feita a avaliação de imóveis. 

Estrutura

Um dos primeiros pontos avaliados é a condição estrutural do imóvel, tanto dos ambientes internos, quanto dos externos.

Aqui, são considerados fatores como tamanho da propriedade, estado de conservação da infraestrutura e acabamento. 

Para isso, o avaliador compara as condições atuais com as informações presentes no memorial descritivo da propriedade.

Qualquer tipo de dano ou problema estrutural é levado em conta no momento de definir a precificação do imóvel. 

Áreas de lazer

A presença de espaços de lazer em condomínios ou nas casas agrega muito valor à propriedade e tem influência direta na decisão de compra. 

Portanto, instalações como piscinas, áreas gourmet, churrasqueira e playgrounds, por exemplo, fazem toda a diferença na definição do valor mercadológico.

Quanto mais completo o imóvel, maior é o potencial de valorização. Contudo, o avaliador considera também as condições da infraestrutura de lazer para precificar a propriedade. 

Segurança

Quem faz a avaliação dos imóveis

Um dos principais pontos avaliados por compradores é a segurança do local e, sem dúvidas, isso também é um fator determinante para a precificação do imóvel. 

Isso inclui a verificação de sistemas de segurança, infraestrutura do bairro e portaria, no caso de condomínios. 

Localização

Além dos fatores estruturais do imóvel, a localização também interfere na valorização. Por isso, toda a infraestrutura oferecida pelo bairro e pelas regiões próximas são consideradas pelo avaliador.

Neste quesito são analisados pontos como:

  • oferta de serviços essenciais, como hospitais, bancos e escolas; 
  • comércio disponível na região;
  • acessibilidade;
  • índices de criminalidade no bairro;
  • opções de lazer no entorno.

Quem faz a avaliação dos imóveis?

A avaliação deve ser realizada por profissionais do setor imobiliário, da construção civil ou ainda do direito, como:

  • corretores de imóveis;
  • arquitetos;
  • engenheiros;
  • advogados.

O mais comum nos processos de compra e venda ou definição de aluguel é que o próprio corretor de imóveis faça a análise técnica.

Entretanto, é importante que o corretor tenha especialização na área. Já para emitir o PTAM, o profissional precisa ter CNAI (Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários). 

Caso a avaliação tenha fins judiciais, normalmente é necessário contar também com a presença de um advogado para acompanhar todas as etapas do procedimento de perto.

Como garantir um bom resultado na avaliação de imóveis?

A melhor forma de garantir uma boa análise detalhada da propriedade é contar com o apoio de profissionais especializados. 

Esse é um trabalho técnico, que exige conhecimento para definir o preço mais justo e evitar problemas, tanto para o vendedor quanto para o comprador.

Nestes casos, existem imobiliárias preparadas para cuidar de toda a avaliação para você, como a F1 Cia. Imobiliária. 

A plataforma de imóveis garante o melhor negócio no anúncio do seu imóvel, seja para venda ou para aluguel.

Para isso, antes a nossa equipe de especialistas cuida da avaliação para assegurar uma negociação tranquila, transparente e 100% segura. 

Quer anunciar um imóvel? Então, conte com a F1 Cia. Imobiliária!

Conclusão

Como vimos ao longo deste conteúdo, a avaliação de um imóvel é fundamental na negociação de compra e venda, pois define o valor de mercado da propriedade. 

A precificação também é importante para ajustar valores dos contratos de aluguéis, por exemplo. 

Para chegar ao preço mais justo, profissionais da área, como corretores de imóveis, fazem uma análise detalhada da propriedade, considerando fatores internos e externos.

Localização, conservação do imóvel e infraestrutura oferecida são alguns dos pontos avaliados.

Neste artigo, citamos a importância de contar com uma equipe especializada, como a da F1 Cia. Imobiliária, para garantir uma avaliação justa e correta. 

Esse auxílio profissional faz toda a diferença e assegura que a avaliação seja realizada de acordo com as normas estabelecidas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Whatsapp
💬 Olá, precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar? 😍